Como é realizada a manutenção de uma cabine primária.

Uma Cabine Primária é uma entrada de energia elétrica conectada ao sistema de distribuição de um edifício industrial, comercial ou qualquer outro que necessite de uma carga acima de 75 KVA, como você bem deve saber. Mas e quanto a sua manutenção, como ela é realizada?

Um sistema como esse exige toda a atenção possível, já que falhas e acidentes aqui podem gerar enormes prejuízos e até riscos fatais.

A importância da Cabine Primária

Antes de nos aprofundarmos em sua manutenção, é importante entendermos bem do que se trata uma cabine primária e sua irmã mais próxima, a secundária.

A rede primária de energia trabalha com a captação de energia elétrica proveniente da rede externa, inserindo-a na rede privada do usuário.

Já a “secundária” é a rede gerada a partir desta captação e subsequente redistribuição para as instalações e estruturas desta unidade consumidora.

Quando se faz necessário a distribuição de energia dentro de um edifício, por exemplo, é necessária a instalação de uma cabine de rede elétrica que irá administrar, com software e maquinário próprios, tanto a chegada da energia da rede externa, quanto sua redistribuição internamente dentro da unidade consumidora. E é essa a cabine primária, que além de cuidar da redistribuição de energia, faz também a sua otimização.

Em outros casos, a rede externa não fornece energia na amperagem necessária para o funcionamento de estruturas internas da unidade consumidora, principalmente quando esta trabalha com perfis de média tensão. A energia que chega da rua é baixa, precisa ser acumulada para só então ser redistribuída com a potência necessária para o funcionamento das estruturas as quais se destina internamente – tarefa da cabine primária.

Manutenção em Cabine Primária, como é feita? <h2>

Já deu para ver como esta instalação é cada vez mais importante hoje em dia, o que torna imperiosa e obrigatória sua manutenção. Mas em que ela consiste?

Por tudo o que já dissemos, fica claro que a cabine primária nada mais é do que uma espécie de subestação de distribuição de energia, não é mesmo? Na prática, é!

Como tal, seu funcionamento correto garante a disponibilização de energia suficiente para o funcionamento das estruturas com a maior economia e a menor perda possíveis.

Sua manutenção, portanto, garantirá que estes objetivos sejam permanente e paulatinamente alcançados sem o risco de paradas que não sejam graduais e programadas.

Dentre outros serviços, a manutenção de cabines primárias inclui não somente a limpeza geral do sistema, mas também a verificação da qualidade de componentes e fluidos, dentre os quais o óleo isolante do transformador de energia, grande vilão de inúmeros acidentes elétricos em subestações desta natureza.

Durante a manutenção, também são verificadas bobinas e cabos de alta e baixa tensão, isto por um motivo óbvio: evitar curtos e panes elétricas.

É feita ainda uma avaliação integral da segurança de dispositivos, minuciosa ao extremo, a ponto de averiguar o tempo de vida útil e a eficiência de cada porca e parafuso empregado na acoplagem das estruturas. Por fim, é avaliada a condição física geral do sistema, incluindo seu maquinário e dispositivos e condições de segurança do trabalho.

Enfim, você só pode dizer que faz uso de uma Cabine Primária segura se a submeter à constante inspeção e manutenção. Do contrário e na verdade, você terá um problema, não uma solução.

Nós da RP Engenharia atendemos em todo o Brasil, projetando, criando e fazendo a manutenção de cabines primárias em edifícios e empresas de médio e grande porte. Entre em contato com a gente se precisar de um atendimento.

Matérias recentes