Como funciona a unidade de geração e distribuição de ar comprimido?

            O ar comprimido é obtido através de dispositivos denominados compressores. Estas unidades têm como principal função aspirarem o ar da atmosfera e acumula-lo sob pressão num depósito para posterior consumo.

             Na maioria dos comando pneumáticos, a produção do ar comprimido é obtida numa única central de produção e distribuição de ar comprimido. O compressor central fornece o ar comprimido para os lugares necessários através de uma rede de tubagens.

Siga com a leitura e entenda como funciona a unidade de geração e distribuição de ara comprimido.

Principal função

            Sua principal função é gerar energia mecânica – mas isso é o mais simples da história toda. Esse ar será obtido através de compressores que irão elevar a pressão atmosférica e canalizar o ar produzido pelo compressor até as ferramentas que vão fazer esta energia virar força e movimento. Este é o objetivo do sistema de ar comprimido, aliás.

            Isto se dá através da compressão de gases, bastante comum em indústrias. Os compressores industriais, encontrados em variedade impressionante no mercado, irão facilitar a canalização do gás (seja oxigênio ou qualquer outro) e viabilizar sua utilização mecânica.

            O compressor de gás vai facilitar a distribuição do ar comprimido, seja através de uma turbina ou um compressor de êmbolo – é uma espécie de seringa gigante, e lida com o vácuo, enquanto que a turbina vai criar o vácuo através da força centrípeta de sua aceleração mecânica. 

            Há também, é claro, os compressores de membrana e também os rotativos, ambos mais comuns na indústria nacional. O de membrana é bastante utilizado na indústria química e alimentícia porque permite um aproveito mais higienizado e sem resíduos de óleo, o rotativo é para grandes equipamentos e grandes vasões de gás, mais caros e com várias turbinas.

Armazenamento

             Ar comprimido pode, sem dificuldades, ser armazenado em reservatórios. Se um reservatório é instalado num sistema de fornecimento de ar comprimido, o compressor somente começará a funcionar se a pressão do ar cair abaixo de um valor crítico. Além disso, a reserva de pressão disponível no reservatório permite, ainda por algum tempo, a realização de um trabalho iniciado, após o sistema provedor de energia deixar de trabalhar. Se as necessidades de desempenho das ferramentas pneumáticas não forem muito altas, garrafas/tubos de ar comprimido transportáveis podem ser usadas em lugares que não tenham o sistema de fornecimento de ar comprimido instalado.

             Já em relação as instalações móveis de produção do ar comprimido, Vale ressaltar que as mesmas só devem ser usadas em máquinas que mudem frequentemente de local de funcionamento. Do reservatório o ar comprimido flui através de tubagens até alcançar os elementos pneumáticos.

Gostaria de implantar uma unidade de geração e distribuição de ar comprimido aí na sua empresa? Entre em contato com agente, temos anos de experiência no mercado, com projetos executados em todo o país.

Matérias recentes