A Importância da Manutenção na Indústria Automobilística.

Há manutenções corretivas, preventivas e preditivas segundo a Norma Brasileira NBR 5462, uma norma técnica de produção industrial que também regulamenta a segurança no trabalho. Na manutenção preventiva se reduzem despesas com a fiscalização e manutenção do maquinário e equipamentos, enquanto na preditiva se irão testar os componentes e sua saturação, substituindo-os ou reformando-os quando necessário. A corretiva, é claro, surgirá do dano no equipamento, ferramental ou estrutura.

Na manutenção automobilística também existe este diferencial nas diversas espécies de manutenção. Será sempre importante a qualquer gestor possuir uma frota de veículos automotores perfeitamente controlada e regular, sem intercorrências que impeçam seu pleno funcionamento ou que criem despesas que poderiam ser evitadas e que geralmente são previsíveis.

Neste tipo de indústria, a manutenção preventiva será realizada em períodos previamente agendados e vai focar no exame de prevenção das condições das peças dos veículos, tudo para evitar danos e perdas futuras. Ou seja, prejuízo. Na manutenção preditiva, as peças destes veículos serão paulatinamente, pouco a pouco, substituídas, conforme seu desgaste natural e seu tempo de vida útil. Se na preventiva se procura evitar ou atrasar a degradação do item examinado, na preditiva já se tem uma estimativa deste desgaste e já providencia a substituição do item para evitar, justamente, o colapso do funcionamento do veículo.

Nestas manutenções, que divergem da corretiva, gerada apenas para minorar danos já existentes, serão inspecionados rolamentos, níveis de óleo, verificação e substituição de pastilhas, baterias, limpeza interna e lubrificação de motores, ajustes e reaperto de parafusos, dentre outros cuidados fundamentais na manutenção de veículos automotores.

Continue seguindo nosso blog e fique por dentro de assuntos relacionados a indústria e a manutenção de forma geral.

Matérias recentes