O que a caldeiraria faz e qual sua importância.

Você sabe o que a caldeiraria faz? Agregando valor na montagem industrial desde a baixa idade média, ela ganhou espaço até estar lado a lado com as áreas de engenharia e usinagem – a responsável pela criação e reparo de peças e dispositivos da indústria pesada.

Mas o que a caldeiraria faz, afinal? Confira abaixo tudo que você precisa saber sobre essa ciência milenar.

O que a caldeiraria faz? <h2>

A caldeiraria trata do corte, preparação e soldas em chapas metálicas, em três dimensões. Ela fabrica e repara objetos e equipamentos por meio de prévios esboços e projetos, permitindo um corte e solda precisos, parar um instrumental final infalível.

A peculiaridade desse ramo é lidar com chapas metálicas que são cortadas, trabalhadas, praticamente lapidadas, para alcançar a forma desejada no projeto.

Na caldeiraria se constroem peças tridimensionais por meio do corte para montagem destas chapas, que devem obrigatoriamente ter espessura maior do que 2 milímetros. Abaixo dessa espessura, a atividade deixa de ser caldeiraria para se transformar em funilaria ou lanternagem.

O caldeireiro<h2>

A precisão no corte da chapa metálica é o segredo da caldeiraria. Um serviço ao mesmo tempo artesanal e industrial – o caldeireiro não é um simples trabalhador braçal, mas um profissional altamente especializado.

Ele deve saber noções de física, trabalhar com softwares especializados e deve ler e entender projetos e desenhos industriais. Sua capacitação se dá através de um curso de quase 600 horas e é melhor remunerado do que outros colaboradores do setor industriário.

Tipos de caldeiraria <h2>

A caldeiraria pode ser leve ou pesada, conforme o material a ser formatado.

A caldeiraria leve produz itens menos rebuscados e de menor tamanho, como calhas, estantes, tubulações, defensas metálicas (guard rail), tanques e vasos de pressão.

Já a caldeiraria pesada trata de estruturas de peças e tecnologias específicas (equipamentos) que irão compor a indústria – ela utiliza aços e ligas metálicas, e assim irá produzir tanques, maquinários, pontes, embarcações, plataformas, grandes silos e demais estruturas de armazenagem e transporte que irão se conectar à linha de produção industrial.

Onde é aplicada a caldeiraria? <h2>

A caldeiraria é uma área indispensável no setor industrial de diversos ramos, como metalurgia, siderurgia, alimentação, lácteos, mineração e tantos outros, sendo de estrita necessidade na fabricação de maquinas como moegas e filtros de manga, por exemplo.

Principais ferramentas da caldeiraria <h2>

A caldeiraria, como ofício, exige muito treino do profissional do setor, além de ferramental adequado. Suas ferramentas mais comuns são:

• régua com ou sem encosto;

• régua de dois encostos;

• broca;

• régua de profundidade e esquadros de precisão ou combinado.

Destas ferramentas, vale destaque para a broca, que é indispensável tanto na caldeiraria leve quanto na pesada. As brocas são ferramentas de corte, de forma cilíndrica, com canais retos ou helicoidais que terminam em ponta cônica e são afiadas com determinado ângulo. Justamente por isto são utilizadas para furos cilíndricos em tornos, mandrilhadoras e fresadoras. Há brocas helicoidais, de haste cilíndrica, de haste cônica e a escalonada ou múltipla, cada qual a ser utilizada conforme o material a ser perfurado ou o nível de precisão exigido.

Há outras ferramentas famosas na caldeiraria, das quais você certamente ouviu falar, porque se encontram disseminadas e são na verdade de uso comum: chaves de boca, torquímetros, talhadeiras e chaves de grifo, dentre outras, mas deixaremos para falar delas em outro artigo.

Então, ficou claro o que a caldeiraria faz? Se tiver alguma dúvida, deixe nos comentários.

Matérias recentes