Qual a melhor maneira de fazer um aterramento elétrico em indústrias?

O aterramento é importante para evitar curtos circuitos que coloquem em risco pessoas e bens tendo em vista falhas na instalação elétrica. O aterramento controla a impedância (oposição do circuito à passagem de corrente submetida a tensão) gerada pelos raios e descargas atmosféricas, encaminhando-os para a terra e evitando danos ao redor.

Mas, afinal, qual a melhor maneira de fazer um aterramento elétrico em indústrias? Siga com a leitura e saiba mais.

Fundamental na indústria

Uniformizando o potencial elétrico, o aterramento vai proteger as instalações e edificações de descargas elétricas e prevenir lesões, ferimentos e danos materiais de toda espécie. Na verdade, e falando mais simplesmente, o aterramento impede que a corrente elétrica derivada do raio ou do curto circuito circule entre pessoas ou instalações: leva a impedância que sobrecarrega a tensão para o solo e evita o choque.

O aterramento vai proteger fusíveis, disjuntores, interruptores, dentre outros dispositivos e estruturas, e é claro que será de extrema importância também para o setor industrial.

Será o aterramento que preservará equipamentos e maquinários da descarga elétrica atmosférica, controlando tensões. Prevenirá incêndios e danos generalizados de curtos circuitos e raios, inclusive em respeito às normas de segurança do trabalho, preservando a saúde dos colaboradores industriais, além de barrar ou reduzir possíveis danos físicos, que muitas vezes poderiam levar à paralização dos trabalhos rotineiros dentro de uma indústria.

A funcionalidade deste aterramento está atrelada a criação e manutenção de um subsistema de captação das descargas elétricas atmosféricas que atrairá descargas até o sistema de aterramento. Condutores do subsistema possibilitam o direcionamento da carga sem desvio, dissipando a carga na terra.

Ficou claro qual a melhor maneira de fazer um aterramento elétrico em indústrias? Falamos brevemente sobre esse assunto, mas se quiser se inteirar mais e saber como esse processo é vital para sua empresa, continue nos acompanhando ou entre em contato com a RP Engenharia.

Matérias recentes